29 de julho de 2013

Não havia necessidade…

 

A Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, comprometeu-se com o Grupo de Jovens de Guisande a montar no Monte do Viso um equipamento composto por insufláveis e parede de escalada/rapel. Seria no Sábado passado, durante a Semana Cultural e seria um motivo de brincadeira para crianças e jovens. Para o efeito, foram cumpridos vários formalismos incluindo a assinatura de um termo de responsabilidade pela impossibilidade do equipamento ser acompanhado por monitor responsável. Acontece que, apesar disso, niguém apareceu para montar o equipamento. Sendo Sábado, apesar de alguns contactos infrutíferos, nada feito e tudo se gorou.


Fica mal, muito mal, à Câmara Municipal  que, directa ou indirectamente, assumiu esse compromisso e falhou.
Demonstra taxativamente o pouco respeito que tem para com alguns grupos e suas iniciativas, nomeadamente para com a freguesia. Cultura para a Câmara parece concentrar-se no Festival da Fêvera, que entretanto está para começar bem no centro do buraco da sede, onde todos os meios logísticos e humanos são envolvidos. O resto é paisagem e permite-se esta falta de respeito.

As eleições estão à porta e será bom que a memória não seja curta.