21 de novembro de 2013

Moedas de troca

 

image

O secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, Carlos Moedas, nomeou esta semana dois "técnicos especialistas" de 21 e 22 anos para integrar a equipa de "acompanhamento da execução de medidas do memorando". O Governo justifica as contratações com os "excelentes currículos académicos".

No currículo de Tiago Ramalho, de 21 anos, consta, segundo foi publicado em Diário da República, a conclusão da licenciatura em Economia, em 2012, na Universidade Nova de Lisboa. A experiência profissional do novo especialista do gabinete de Moedas resume-se a um parágrafo: um estágio profissional não remunerado no Gabinete de Estratégia e Estudos do Ministério da Economia e Emprego, entre setembro e dezembro do ano passado.

[fonte e resto da notícia]

 

A nossa conclusão: A notícia é de Março, altura em que os melões já estão a germinar, mas podia ser de hoje e há-de vir a ser de amanhã, porque ao contrário do que disse o aldrabão-mor, continua a haver lugar para os abelhas e para os jotas-boys mamarem o doce mel na cada vez mais enxameada colmeia.  Vale-nos o facto de serem “especialistas” aos 21 anos, pelo que justamente merecem ficar isentos de cortes.

– Haja vergonha! E já agora, alguma decência.

Comente com o Facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentários sujeitos a prévia moderação. Comente com elevação e de forma contextualizada.