1 de dezembro de 2013

Centro Social–Assembleia Geral

 

image

Realizou-se ontem pelas 16:00 horas, no edifício sede da Junta de Freguesia, uma sessão da Assembleia do Centro Social de S. Mamede - Guisande.

Da ordem de trabalhos da sessão presidida pelo Dr. Rui Giro, constava a deliberação de alienação de dois prédios doados pelo benfeitor António Correia, bem como mandatar os representantes para outorgarem a escritura de compra/venda.

A venda dos prédios, sitos no lugar do Outeiro, à Brisa – AEDL, por expropriação resultante da construção da auto-estrada A32, foi aprovada por unanimidade e de seguida legitimados o presidente e vice-presidente da Direcção, Joaquim Santos e Celestino Sacramento, como outorgantes em representação do Centro Social na celebração da escritura que em princípio ocorrerá durante a próxima semana.

Com a verba apurada pela expropriação e deduzidas as consequentes despesas judiciais e compromissos assumidos com o doador, resulta um encaixe positivo de 32.000,00 euros.

Foram ainda apresentados e aprovados por unanimidade o Orçamento e Plano de Actividades para 2014, em que neste se destaca a continuação dos esforços no sentido da re-candidatura aos programas de apoio que venham a ser abertos. Pretende-se, também, negociar com a Câmara Municipal a cedência do edifício da escola primária do Viso, logo que este deixe de ter actividade escolar, de modo a que ali o Centro Social possa desenvolver actividades enquanto não for realidade a construção do edifício sede, que se manterá sempre como o objectivo primordial.

No total, a Direcção do Centro Social prevê para o exercício do próximo ano, um valor de 53.850,00 euros no capítulo de receitas e de 18.500 euros no de despesas, prevendo-se assim um apuramento positivo de 35.350,00 euros.

Comente com o Facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentários sujeitos a prévia moderação. Comente com elevação e de forma contextualizada.