5 de agosto de 2014

Terminou a Festa do Viso 2014

 

image

Com a noitada de segunda-feira, terminou a Festa do Viso, edição 2014.
Com o tempo seguro, embora um pouco fresco, o arraial esteve bem composto. A animar a festa, o duo Mário & Hermínio que começou a actuação já depois da hora marcada no programa, o que de resto é habitual. Não fizeram má figura mas parece-nos que com qualidade inferior à banda XCA que actuou no sábado, bem mais dinâmica.
Depois, por volta das 23:30 horas, a já tradicional descarga de fogo de artifício, em menor quantidade que nos anos anteriores mas mesmo assim a não desmerecer. No total foram quase 9 minutos de espectáculo deslumbrante à vista, com toda a gente de nariz apontado ao céu.
Quanto a Maria Lisboa, boa figura e boa presença, mas a idade não perdoa. Talvez pela carga de trabalho que teve no fim-de-semana, em que apareceu na TVI, a sua voz já por si de tom grave, ouviu-se em tom cansado e esforçado. Cantou em playback, sem banda, o que não surpreende, mas acompanhada por vistosos bailarinos e bailarinas. Resumindo, é uma figura conhecida do público mas já sem o fulgor da época em que actuou em Guisande, precisamente no ano de 2000, por isso há 14 anos. Cantou alguns dos seus êxitos iniciais, entrando mesmo com o velhinho "Yemanjá". A qualidade de luz e som não foi por aí além embora num registo quanto baste para as dimensões do nosso arraial.


Será agora a vez da Comissão de Festas fazer contas à vida e desejamos que tudo tenha corrido bem. Com as dificuldades surgidas, desde logo pelo facto de dois dos elementos eleitos não assumirem a função, não deixaram de organizar uma festa meritória e digna da tradição em Guisande. É verdade que com um progrma justificadamente um pouco mais modesto e certamente que com um orçamento inferior ao que tem sido norma, mas mesmo assim a merecer aplausos e parabéns.

Comente com o Facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentários sujeitos a prévia moderação. Comente com elevação e de forma contextualizada.