Mostrar mensagens com a etiqueta Eventos. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Eventos. Mostrar todas as mensagens

22 de setembro de 2018

Muito rock e pouca orquestra num sítio fresquinho

Nesta noite, o concerto dos The Bookkeepers com a Orquestra Milheiroense, anunciado como uma fusão de rock com orquestra, num espaço de lazer de excelência, na praia fluvial da Mâmoa, em Milheirós de Poiares, com entrada livre.

Sendo certo que não fiquei até ao fim, com uma hora e picos de espectáculo deu para perceber que a orquestra, exceptuando o maestro que ía tocando umas pianadas e ainda a intervenção pontual de alguns dos metais, no geral teve uma muita reduzida participação. De resto o estilo rock, mesmo que dito poético, marcado pela bateria e baixo não se compadece com as subtilezas da orquestra, sobretudo no que se refere aos instrumentos de cordas num espaço aberto.

Em todo o caso valeu a tentativa e a intenção. Sem o dizerem, percebi alguma desilusão dos mais velhos que iam abandonado o espaço e que certamente ali foram para ver e apoiar a sua orquestra. 
Um reportório todo em inglês, mesmo que viajando por Camões, Pessoa e Florbela Espanca, também não ajudou a prender uma boa parte da assistência alheia à língua de Shakespeare..
Em todo o caso, pareceu-me uma boa banda com uma sonoridade interessante. Pena que, principalmente para os milheiroenses, a participação da sua orquestra tenha sido quase meramente cenográfica.

1 de agosto de 2018

Aljubarrota à porta


Nota prévia: É apenas a minha opinião e até me arrisco a estar quase sozinho nesta demanda de não ser entusiasta da coisa, mas mesmo estando de passo trocado, sou apenas um soldado na companhia.

Há viagens que mesmo não tendo começado já enfadonham pela poeira da sua preparação e uma delas é a Viagem Medieval em Terra de Santa Maria, que hoje começa e exageradamente dura até ao dia 12. D. Pedro que me perdoe, como fez a  Diogo Lopes Pacheco (mas não a Pero Coelho e Álvaro Gonçalves) pela morte da sua bela Inês, mas já não lhe posso com as barbas.

Reconheça-se-lhe, contudo, à Viagem, a importância para a economia do concelho (de alguns e sobretudo da sede) bem como das colectividades (de algumas e dizem que quase sempre as mesmas), que ao longo de mais de vinte anos têm-se vindo a impor como um importante evento nacional e mesmo ibérico. Já não é apenas uma feira de tasquinhas concelhia e alguns figurantes trajados de serapilheira, mas um evento profissionalizado, dirigido a massas, no que isso tem de bom e, já agora, de mau.

A receita tem sido simples e parece funcionar, e de resto até resulta noutras paragens, embora aí de forma mais arejada e por menos dias. Muita temática cultural, e de qualidade,  à volta do hiato medieval, incidindo em momentos ou épocas da nossa História mas, todavia, sobretudo e principalmente,  gastronomia e porco-no-espeto. Porventura em mais nenhum outro evento em Portugal serão retalhados tantos porcos e aviados em sandes tão bem cobradas.
É certo que são duas décadas de mais do mesmo e a duração (quase meio mês de Agosto) é excessiva, mas, porra, não se mexa em equipa que ganha e receita que funciona e que assim dure muitos e longos anos, mais do que a maioria dos reinados desses tempos medievos.

Felizmente, porque não entusiasta, devo entrar de férias a 13 e se, como eu gosto, passar pela baixa da velha Vila da Feira, já não haverá ruas interrompidas nem barreiras nem multidões, embora ainda com muita poeira e relva (ou o que dela sobrar) pisada e repisada como se ali tivesse passado a cavalaria e acontecido uma frenética Aljubarrota. Só que agora, bem mais pacificamente, portugueses e castelhanos pelejam não por direitos a tronos mas por umas sandes de porco regadas com sangrias do Lidl. As espadadas, essas só acertam no lombo dos porcos.

22 de maio de 2018

Caldas de S. Jorge - Festival Doce 2018



1 de Junho - 21h30 > Stand Up Comedy com Joel Ricardo Santos & Pedro Neves
2 de Junho - 22h00 > Concerto Miguel Angelo
3 de Junho - 9h00 > Caminhada Doce > 14h00 Teatro Marionetas, Dancing Doce, Palhaços, Insufláveis e muita animação..

3 de agosto de 2017

O que se vai lendo e ouvindo - Viagem Medieval

Em véspera do arranque de mais uma edição da Viagem Medieval, ouvi na Rádio Clube da Feira, o Dr. Emídio Sousa, presidente da Câmara de Santa Maria da Feira, naturalmente a exaltar as virtudes do evento, da sua internacionalização e do seu impacto na economia no concelho e na região. Também referiu que o evento é uma oportunidade para muitas associações e colectividades do município para ali arrecadaram as receitas necessárias às suas actividades anuais.
No que se refere à questão das associações, certamente será verdade. Infelizmente, não custa acreditar que a larga maioria das colectividades fica de fora do generoso bolo e as que participam serão repetentes, não largando, literalmente, o osso do que sobra das dezenas ou centenas de porcos vendidos em sandes, o que não surpreende quando um dos vários critérios da selecção será o da "experiência", ou seja, quem a não tiver, nunca terá oportunidade para a vir a ter a não ser por obra e graça da divina vontade de alguns organizadores. Quando assim é, quando se sabe que a coisa gera muito muito dinheiro, está assim criada a cola que agarra alguns interesses e mesmo dirigentes.

30 de julho de 2017

1ª Noite de Fados do Centro Social

1nf_2
1nf_3
1nf_1
Tal como anunciado, decorreu ontem, 29 de Julho de 2017, nas instalações do Centro Social S. Mamede de Guisande, a 1ª Noite de Fados. O evento teve como objectivo a angariação de receitas mas também proporcionar o convívio entre associados e familiares e ainda a oportunidade de fruição de um momento cultural e recreativo com a interpretação do fado, um género musical do agrado geral dos portugueses.

O salão do Centro Cívico esteve cheio, num ambiente acolhedor e agradável. No final do lauto e farto jantar as antigas salas de aulas ficaram à luz das velas e em silêncio cantou-se bom fado. Excelentes músicos (Daniel Gomes, na guitarra portuguesa e Jorge Serra na viola) e muito bons fadistas (Mafalda Campos, António Baptista e David Xavier). Uma noite memorável, certamente a repetir.

De registar a presença de David Neves, presidente do Rancho Folclórico de S. Tiago de Lobão (em cuja sede na Tabuaça decorrem com regularidade noites de fados), o qual com a sua experiência colaborou com o Centro Social na organização do evento, nomeadamente a assegurar a presença do grupo dos músicos e fadistas. Também na parte final, o presidente da Junta da União de Freguesias, José Henriques, marcou presença associando-se ao evento.

Parabéns ao Centro Social e à sua Direcção, incansável em todos os momentos da organização do evento. Parabéns também a todos os que de forma voluntária e gratuita ajudaram, nomeadamente cozinheiras e serventes de mesa. A todos um bem-haja pela sua disponibilidade e boa disposição. Parabéns, naturalmente a todos os participantes no jantar, pois para além do custo inerente ao mesmo, com boa comida e com fartura, contribuíram para a angariação de alguma receita que reverterá para as necessidades do Centro Social, ainda com elevados compromissos  financeiros e à espera de apoios de entidades oficiais bem como do despacho do acordo de cooperação com a Segurança Social, de modo a iniciar a sua regular actividade para o qual foi concebido, o de estar ao serviço da comunidade e das pessoas, sobretudo dos mais idosos.

19 de dezembro de 2016

2º Jantar Solidário de Natal

Realizou-se neste último sábado, dia 17 de Dezembro de 2016, a partir das 19:30 horas, o 2º Jantar Solidário de Natal promovido e organizado pelo Grupo Solidário de S. Mamede de Guisande, com a colaboração e envolvimento da comunidade paroquial e do Centro Social.
Tal como na primeira edição, o jantar decorreu nas instalações do Restaurante "O Algarvio", em Fornos, graciosamente cedidas pelos proprietários.
Entre participantes e pessoal de serviço foram cerca de duas centenas e meia de pessoas que marcaram presença numa noite de refeição, convívio, partilha e animação onde até houve lugar ao fado.
Parabéns a todos, organização, colaboradores e participantes. Bem hajam por proporcionarem esta bonita jornada com espírito de natal e de consciência social!


- clicar nas imagens para ampliar.

24 de outubro de 2016

Ceia Solidária de Natal 2016 do Grupo Solidário de Guisande

O Grupo Solidário S. Mamede de Guisande vai dar sequência à iniciativa da Ceia Solidária de Natal, iniciada no ano passado. 
Tal como no ano de 2015, esta segunda edição terá lugar nas instalações do Restaurante "O Algarvio", gentilmente cedidas pelos proprietários.
Será em Dezembro, no dia 17, pelas 19.30 horas.
Pretende-se voltar a celebrar o espírito de NATAL, criando um ponto de união, confraternização, partilha, convívio e alegria, para todos os guisandenses e demais que se identifiquem com a causa da solidariedade e apoio social.
Inscreva-se e junte-se à iniciativa.



15 de outubro de 2016

Jantar convívio e de angariação de fundos

 

Realizou-se ontem, sexta-feira 14 de Outubro, o jantar convívio e de angariação de fundos para o pagamento das obras (já concluidas) do Centro Social S. Mamede de Guisande. Participaram quase centena e meia de pessoas, uma adesão muito positiva. A antiga escola do Viso volta a ter vida com convívio e partilha inter-geracional. É uma obra que a todos os guisandenses deve orgulhar.

image

image

image

image

image

image

image

2 de outubro de 2016

Flak - Actuação em Guisande

Conforme previsto, no âmbito do Dia Mundial da Música, o programa "Encontros com a Música", uma organização da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e empresa municipal "Feira Viva", trouxe até Guisande o artista Flak (ex-Rádio Mácau). A actuação teve lugar pelas 19:00 horas neste dia 1 de Outubro de 2016, no coreto do Monte do Viso.

1 de outubro de 2016

Assembleia de Freguesia - 30 de Setembro - Guisande

Realizou-se ontem, 30 de Setembro de 2016, mais uma Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Lobão, Gião, Louredo e Guisande. Esta sessão, presidida pela Dr. Susana Silva, foi realizada no edifício da Junta em Guisande, o que acontece pela segunda vez no presente mandato, e teve início por volta das 21:15 horas.
De salientar a ausência do Sr. presidente da Junta, José Henriques dos Santos, por motivos de falecimento de familiar, pelo que o executivo fez-se representar pela secretária Marta Costa e pelos vogais Américo Almeida e Pedro Serralva.
A ordem de trabalhos para além da leitura e aprovação da acta da sessão anterior,  contou com um período para intervenções gerais dos elementos da Assembleia e apresentação pelo executivo da informação financeira referente ao terceiro trimestre de 2016. 
A assembleia, com a sala bem composta,  terminou com a habitual intervenção do público, sendo que não se registou qualquer intervenção de guisandenses.

30 de setembro de 2016

Artista FLAK no Monte do Viso


No próximo dia 1 de Outubro, Sábado, pelas 19:00 horas, o artista Flak (João Pires de Campos, ex-Rádio Macau) vai actuar no coreto do Monte do Viso em Guisande. Trata-se de um dos seis concertos em seis diferentes e "inusitados" lugares do concelho de Santa Maria da Feira escolhidos para assinalar o Dia Mundial da Música, uma organização da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e Feira Viva, com o nome de "Encontros com a Música".